sexta-feira, fevereiro 05, 2010

A Feira da Ladra


As curiosidades vivas


As especiarias e condimentos do Oriente

O colorido dos frutos conhecidos



Propostas de comer na rua...










No que eu "reparei" quando tirei a fotografia, já há que anos!
Casa Majólica (1898) com os azulejos de flores rosa, edifícios Arte Nova de Otto Wagner. Numa das ruas principais de Viena, onde a arquitectura é um prazer para os olhos, há um mercado de rua (das pulgas: Fleamarket ou Naschmarkt, ou simplesmente a Feira da Ladra de Lisboa ou de Vandoma, no Porto).
Foi precisamente pelo contraste dos belos edifícios e a urbanidade da venda pública que escolhi esta foto para o PPP: porque feiras/fotos ...há muitas; e paro em (quase, que das ditas "medievais" nem tanto) todas!!!
A palavra da semana era "feira" e registo alguns aspectos que recolhi na altura, sendo que é, assim, mais uma forma de recordar outros ambientes.

12 comentários:

jrd disse...

Simplesmente irresistível. Que bela sequência.

Justine disse...

As "feiras da ladra" são sempre lugares irresistíveis numa cidade. E em Viena, dá-lhe um certo calor humano que eu acho que a cidade, de tão monumental, não tem!
(É terça-feira, feira da ladra...)

th disse...

já há imenso tempo que não vou lá, mas sou fã de todas, estive em Alvalade este ano (2009), Sintra, Cascais,Tires, Carcavelos...aqui vou eu...
Por tua recomendação, no mínimo, recomecei a escrever, já leste na Sebenta a minha mais antiga recordação, agora podes ir ao "Postado a Limpo": http://sebentando.blogspot.com/
ver como se desenrola um drama doméstico e conhecer a minha imaginação...beijo, th

legivel disse...

... de acordo completamente com a Justine (apanhar "boleia" de outros comentários dá sempre um jeitão... ): Viena é demasiado "larga" para sentir o calor das gentes.

É terça-feira
e a feira da ladra
(e completo)
abre hoje às cinco
da madrugada.

Beijos, sorrisos e bom domingo.

M. disse...

Regresso ao passado... E que belo regresso!
Pois eu tive a sorte de ter estado em Viena e ter a companhia de um casal austríaco que, de tão caloroso, fez com que nem desse por essa tal frieza de que mais acima se fala. Para além de nos mostrar sítios onde certamente não iríamos, levou-nos a dois cafés que me lembraram o ambiente quente dos nossos.

bettips disse...

M: também tive a sorte de estar/visitar Viena com um amigo que lá vive. Os cafés que recordo são o "Landtmann", o "Central" e o "Museum". De resto, fui também pela Arte Nova, Klimt etc e não fiquei desiludida! Viena foi, para mim num Setembro doirado, uma cidade calorosa e de muitos espaços verdes.

greentea disse...

há q tempos não vou a uma feira da ladra ... gosto sempre de ir , pelos cheiros , cores , sons e tudo o que há para ver

Teresa Durães disse...

também gosto! E gostei das tuas fotos!

Rosa dos Ventos disse...

Bem me parecia que não era a "nossa"...
Linda, esta!

Abraço

APC disse...

Espanto-me sempre com este olhar tão atento e humano.
Um abraço, amiga

heretico disse...

belas. as fotos. e as palavras...

beijo

Alien8 disse...

Belas fotos, Bettips. As "feiras da ladra" fascinam-me, mas confesso que vou perdendo a disposição para andar no meio das multidões... Frequentei muito a de Lisboa quando um meu familiar vivia lá perto, ao lado do Tribunal Militar. Também conheço a de Vandoma. A de Viena é que não. E a de Carcavelos já chateia... Prefiro uma que apanhei há tempos na Ericeira. Os edifícios que mostras são notáveis. Tudo se junta, e mais os te,peros e a comida na rua... Um dia destes...

Bjs.