segunda-feira, junho 07, 2010

Da "traição"









...da vida, mortes e acontecimentos inexplicáveis.
À luz da razão e das razões.
Por mais molhos de papéis que se juntem nos inquéritos: temos exemplos, nós, por cá (e) todos bem!
Foi a palavra "Traição" na semana passada no PPP e escolhi uma foto tirada em 10 de Setembro de 1997, no Kensington Palace, Londres, residência da Princesa Diana (1.7.61-31.8.97). Milhões de flores nos enormes jardins; e silêncio impressionante.
Nos armazéns Harrods, estavam expostos numa montra, retratos de Dodi Al-Fayed e Diana: formava-se uma fila de gente para assinar livros de condolências. Com a contenção, distanciamento e liberalismo - estranhíssimos - dos ingleses.
O enorme perigo da "comunicação", da "notícia" e os seus meios de obtenção tantas vezes pouco escrupulosos: como no caso da perseguição ao carro em que seguia o casal, em Paris, em "traição" à vigente realeza e aparentes costumes.

4 comentários:

Maria disse...

Tudo isto foi impressionante...

Beijo, Bettips.

Justine disse...

Consegui lá chegar, à apalpadelas:)))

Alien8 disse...

São as regras do jogo. E que jogo!

Um grande abraço, Bettips, que o tempo também me foge.

heretico disse...

volta lady Di. por mim, estás perdoada. na voragem da crise...

beijo