terça-feira, março 08, 2011

8 de Março (1948-58-68)



Debati-me desde a madrugada contra os slogans.
Mas se eu/nós os comemorávamos antes do 25 de Abril, no segredo dos risos e da importância das decisões que então - as jovens - tomavam?
Porque não HOJE
lembrar as minhas mulheres,
as que foram, as que estão, as que hão-de vir?
Feliz dia, antes e futuro, minhas queridas mulheres. Força num mundo solidário.
Não o pacote de arroz, antes o afago. O dia a dia.
Olhar a direito, mesmo com os olhos ainda ou já cerrados.

(a uma, hoje, ouvi o chôro e dei da minha comida - ser solidária é um estado de estar vivo. Sempre fui um ser de partilha e os bocados de mim estão no espalhar de um universo cheio de cometas fulgurantes; se só eu os recordo, que importa?)

8 comentários:

~pi disse...

obrigada, querida Eli.............








~

Anónimo disse...

E já me tinha parecido, só não os tinha alinhado assim:
48/58/68/78/88/98
anos que poderia apontar como decisivos e importantes.
Eu, exactamente e os oitos que, ao adormecerem são o símbolo do infinito (neste caso, infinito pessoal).

O Puma disse...

Cuidado

hoje vai tomar posse

o coiso

jrd disse...

Viva! Mulher de corpo inteiro.
Abraço

mfc disse...

Uma mensagem de verdade num dia que se quer sempre vivo!
És uma mulher de verdade.

heretico disse...

Abraço solidário, MULHER?

Mar Arável disse...

Marés vivas

nos ciclos das nossas vidas

heretico disse...

peço desculpa.

apenas agora me dei conta da gaffe terrivel - ponto de exclamação virou em ponto de interrogação! o que degrada em absoluto o sentido do meu singelo comentário.

espero a tua compreensão.

beijo