domingo, julho 24, 2011

Sapatos antigos

Das ingenuidades.
Para assim estar ou ter estado,
precisava das sabrinas,
sem moda nenhuma. Porque bailavam no chão.


Dos meus sapatos velhos de corda e tecido.
Fitas em tornozelos finos.
Estáveis e jovens.

(esta, também, mania de portas, batentes, fechaduras, velhos, mudos - recorrentes.
ah... já sei, lembrei-me: tínhamos um vago batente verde na porta da rua.
O homem da casa que reinava entre as mulheres, nunca batia com ele; batia com a mão aberta ou o fechado punho grosso; um sobressalto. Pelo som, breve, forte ou abafado sabíamos, as três parcas, da disposição esperada)


Estender dedos de árvore pelo solo e pelo ar
- não ver nem ouvir os bichos e fantasmas que nos inventam

Resistir coluna-alma-de-abóbada-maior
mesmo roída pelo tempo

Andar de poiso em poiso como um pássaro procura um vago equilíbrio
no vento
na ondulação

11 comentários:

Justine disse...

E assim vamos desfiando os dias, hora a hora, viajando pelas memórias e procurando um ancoradouro firme...
Quem dera que o encontres!
Beijo:)))

Maria disse...

Ah, o tempo das sabrinas. De saias rodadas e em danças em corropio.
Dos tempos ficam sempre as memórias. Como das pedras de que tanto gostamos e das portas e janelas velhas.
Beijo
:)

mfc disse...

Ái o Tempo... sempre esse malvado!
mas não nos há-de tirar a jovialidade... isso ele não vai conseguir!
Beijinhos para ti.

hfm disse...

Da frescura de um post de memórias e de sabedoria.

Rosa dos Ventos disse...

Também eu usei sabrinas...e ainda uso! :-))
Belas fotos e legendas muito sentidas!

Abraço

Mar Arável disse...

Memórias e amanhãs

heretico disse...

tens o condão de (trans)figurar coisas banais - sapatos velhos (e murros na porta) - em poesia!...

beijo

Ana disse...

Abrimos janelas sobre as memórias. Um beijo.

Teófilo M. disse...

Deambulações... com gosto!

jrd disse...

Cheguei tarde ao bailado, mas, ainda assim, a tempo de sentir a volúpia do tempo.
Bjs

Anónimo disse...

o tempo afinal volta sempre para trás!

as "sabrinas" aí estão de novo :)

T