segunda-feira, abril 23, 2012

Com as palavras


... dentro do olhar, do PPP da outra semana, outra.

"Soltam-se-me as imagens como os peixes, fazendo caminho na água de recordar.
Das escadas que não sei donde vêm, abre-se uma porta que não sei para onde vai.
Um bailado parado, uma fila de gente que espera.
Assim me são as palavras, breves e leves, sem nenhum sentido aparente, só um pó de passos-gestos passados.
Elegia de um ser que parece e não é."






(de novo fotos da exposição anterior, em Nov. 2010)

4 comentários:

mfc disse...

As tuas fotos não são nunca inocentes...
Interrogam-nos e deixam-nos a pensar!

heretico disse...

"Assim me são as palavras, breves e leves..."

... e evolventes!

belíssimo.

beijo

jrd disse...

Porque falas como vês é que escutamos as tuas imagens.

Abraço

hfm disse...

Belíssimas!