quarta-feira, março 21, 2007

Dias para relembrar




Dia Mundial da Poesia
Sentido mais como um "Estado de Alma"


"Toma o teu lugar na mesa, foste tu que a puseste.
A partir de hoje vestirá o vestido aquela que o coseu.
Hoje ao meio dia em ponto
Começa a idade de ouro.

Nós vamos inaugurá-la por sabermos que
Estais fartos de construir casas
Que jamais habitais. Queremos crer
Que doravante ireis comer o pão que cozeste.

Mãe, que o teu filho coma.
A guerra foi anulada. Pensamos que issso
Seria melhor para ti. Porque, dissemos com os nossos botões,
Adiar ainda mais a idade de ouro?
Nós não somos eternos."

"Poemas" de Bertolt Brecht
Selecção e estudo de Arnaldo Saraiva, Editorial Presença
(livro comprado em Maio de 1968)

Porque a Poesia também planta crianças da Paz.
(Sábado 17 de Março, Concentração pela Paz em várias cidades do Mundo
- Porto, Praça D. João I)


43 comentários:

isabel mendes ferreira disse...

dias de desejar que o Sempre

perdure....





____________________




um abraço. longo.

Teresa Durães disse...

a poesia traz a paz
o grito de despero
de alento
a revolta interna

a palavra a ser ouvida

beijos

meg disse...

Poesia para a vida, precisa-se!
para a vida nua e crua de tantos...
Poesia é sonho
é um olhar terno...
Poesia, precisa-se...

Maria disse...

Fiquei comovida.
Com as palavras, com as imagens.

Beijo

Maria P. disse...

É um dos dias que mais gosto de relembrar.

Beijinho*

Era uma vez um Girassol disse...

Gostei muito deste teu post dedicado à Poesia, no seu Dia.
Beijinhos

meg disse...

A tua presença é um estímulo.
im, Bruegel, Bosh...e quantos outros, por isso sou recalcitrante...
Bjs

Isabel disse...

Sentido como mil estados de alma rodopiando na minha sempre rodopiante alma.

És mágica... como eu gosto de Brecht!

Dia 21 de Março, dia de poesia, de sonhar a paz, de agarrar o ouro de todas as idades " que nos não somos eternos", dia de te dar a mão.
A minha mão sobre a tua nesse dia e desse dia em diante e nos meus olhos um qualquer poema que diga no principio, no meio, no fim, ou até que não diga porque tu sabes: EU ESTOU AQUI!

Já te agradeci trazeres a Primavera.
Agradeço-te trazeres a poesia.
Agradeço a criança de paz que plantas-te neste jardim onde ainda tento florescer.
Agradeço-te acima de tudo por estares aqui e pelo lugar na mesa.

Obrigada de mãos estendidas...

Isabel

legivel disse...

... tal como o natal a poesia devia ser todos os dias. No próximo natal vou pedir para me porem no sapatinho?! poesia para todo o ano e quando tiver poesia para todo o ano, então sim! vai ser natal todos os dias.

beijinho.

pin gente disse...

aqui "paz"...

Jardineira aprendiz disse...

E nós continuamos a adiar... cada geração é um eterno retorno.

Vinha à procura dos diospireiros! Logo procuro melhor. Beijinhos

sa.ra disse...

"Porque a poesia também planta crianças de paz"

porque a poesia também se escreve nas folhas das árvores

porque a floração dos poetas desbrava caminhos...

beijinho
dia muito feliz

jawaa disse...

"Nós não somos eternos." Pois não. Por isso mesmo, enquanto estamos, possamos estender as mãos e a poesia que ainda temos dentro de nós... pela Paz.
Bem hajas pela visita.

mac disse...

Houve alguém (que também era poeta) que escreveu "Give Peace a Chance" e escreveu um sonho utópico chamado "Imagine"...É triste ver que tantos séculos de existência humana e não estamos muitos distantes da realidade das guerras da Idade Média...

Isabel disse...

Vai ler o que te dediquei querida amiga.


Um abraço

meg disse...

Mas onde anda a minha madrinha, que hoje não lhe descobri o rasto?
Bjs

Teresa David disse...

A poesia como limpeza dos nossos sentires ou como fonte de criação será sempre digna de homenagem, e que bem que a fizeste.
Um beijo terno
TD

wicky disse...

já plantei a minha Kaki Tree!!!

Obrigada por divulgares

avelana disse...

já plantei a minha KAKI TREE


beijinhos

Margri disse...

Há séculos que a paz é urgente.
Nós sentimo-lo agora, mas outros já o sentiram antes. Só que agora talvez saibamos que essa paz é possível e que podemos contribuir para isso.
Não basta culpar os governantes: já que tudo está ligado, é preciso que ela comece nos nossos corações, na nossa família, no nosso meio social e profissional.
Façamos a nossa parte e o Universo fará o resto.

as velas ardem ate ao fim disse...

Excelente escolha.

bjinhos e bfs

Bela disse...

Depois da Primavera, a Poesia...a Paz.Haja esperança.
Deixo-te um sorriso.

sa.ra disse...

O tráfico de pólen está a revelar-se um grande negócio, abelhinhas!

Já viste quantos kakis estão plantados por aí?!
beijinhos
Feliz fim-de-semana!

Cris disse...

Que todos os dias sejam dias de poesia, beijinhos e bom Wk

Cris

meg disse...

Sabes quem é o meu padrinho? Adivinha?
Bjo.

Enfim... disse...

as imagens comovem de facto enfim...Bjokas e bm fim semana

Já agora para ver se estas coisas desaparecem daqui aproveita para veres isto.Bjs

http://realidadehilariante.blogspot.com/2007/03/essa-letrinhas-chatas.html

Narcisus disse...

Gostei muito!

segurademim disse...

... que momento tão bonito! adorei as fotos

e o Brecht sempre desconcertante


:)

meg disse...

Outra prosa do meu padrinho em menos de uma semana!!!!!
Beijos grandes

Luisa disse...

Todos os dias deveríamos celebrar a poesia, lendo-a, fazendo-la, cantando-la.
Todos os dias deveríamos celebrar a Primavera, correndo pelos campos, plantando árvores e flores.
Todos os dias deveríamos celebrar a Paz, fazendo a paz à nossa roda.
Obrigada pela visita.

LFV disse...

Reconhecer que ambos, seguramente, já pisamos o mesmo chão da Praça D. João I é motivo bastante para aceitar o "compadrio" e, contigo, "apadrinhar" a Meg, como ela diz. Por favor, sem fraque, porque não gasto o dinheiro que não tenho a alugar roupas! Mas um dia destes gostava de, um pouco mais abaixo, na Brasileira, me sentar à mesa contigo e com um cimbalino tirado à maneira! Bom domingo e que a hora de Verão te ilumine ainda mais a inspiração e o bom gosto. Um beijo.

Lumife disse...

BOM FIM DE SEMANA COM LA TRAVIATA...

Lumife


Espectacular...

http://www.dailymotion.com/swf/2NuaeFcjOY4up4W5F


Também o/a convidamos a estar presente no 2º ENCONTRO DE BLOGS EM ALVITO.

Veja as notícias nos blogs da Organização:

BEJA http://bxalentejo.blogspot.com

GASTR'EAT http://gastreat.blogspot.com

ALVITRANDO http://alvitrando.blogs.sapo.pt

MAR ADENTRO http://maradentro.blogs.sapo.pt

o alquimista disse...

E o desejo que nunca se cale a poesia...e que o poeta nunca morra, só se afaste um bocadinho...


Doce beijo

entre linhas disse...

Todos os dias a poesia poderia traduzi-se em palavras de paz,de alegria ou sonho.

Bom Domingo

Bjs Zita

Jofre Alves disse...

Parabéns por mais este magnífico trabalho, é sempre um prazer passar aqui.

vida de vidro disse...

A poesia na vida, no construir da esperança. Quem melhor que Brecht para o dizer? Beijo para ti e boa semana.

JPD disse...

Excelente post, tanto na qualidade do texto como nas fotos.
Bjs

bomdiaisabel disse...

Mensagem e imagem comoventes.
Não recebi o teu email.Gostava que mo reenviasses. Houve qualquer problema.
Beijinhos

bomdiaisabel disse...

Minha Querida B

Já recebi o teu email.Fabuloso! Uma pérola que te agradeço muito. Quanto às palavras,amiga, só posso deixar-te um enorme beijo de gratidão. Gosto tanto de camélias!Responder-te-ei à noite, por mail. Estive há cerca de um mês no Porto, nessa mesma praça.Voltarei aí em Abril.Lá para o fim.
Brecht é fantástico. Poesia de libertação para a vida, por uma vida com dignidade.
Beijinhos

Conceição Bernardino disse...

Olá,
Dedico-te este poema magnífico da autora “Maria Petronilho”
Com uma bela semana...

Deixar Passar a Poesia

Abrir a voz.
Deixar passar a transparência
Como quem quer matar a sede

Na fonte a mão escorrendo água...

Do livro: Nas Asas do Mar

Beijinhos
ConceiçãoB
http://amanhecer-palavrasousadas.blogspot.com

meg disse...

Quanta solidão a volta do Luther King! na foto do meio...
Só hoje essa solidão me chamou a atenção. É uma fotografia forte... hoje!
Um beijo

Ps:há mais no CB, incrível!

Estranha pessoa esta disse...

Muito bonito... MESMO!

Abraço grande ***********

TINTA PERMANENTE disse...

Provavelmente cruzamo-nos ouvindo a mesma musicalidade, enchendo os olhos de (alguma) Paz!...
Abraços!