quarta-feira, outubro 03, 2007

Devagar



...devagarinho...

voltarei aos sítios onde recomeço o quotidiano.

Preciso apanhar as pontas para saber como vivo correntemente.
(imagens e pensamentos virão contra mim ou ao meu encontro talvez, depois).

27 comentários:

Kalinka disse...

OLÁ AMIGA
já regressaste de outras paragens?
e, que tal foi o levitar por lá?
espero que bom.

Não sei se leste, continuo com o alfabeto, mas a letra F teve que ser feita por 2 x, e um segredo só para nós: não terminei com as palavras todas que encontrei na minha memória, será que fica mal fazer uma 3ª parte?
Por vezes penso que estou a cansar quem me visita e lê...

Beijokitas.
Um óptimo fim de semana prolongado.

despertando disse...

Voltaste?
Mas tu já voltaste? :)
Senti a tua falta :(
Demora o tempo que for preciso para apanhar as pontas, mas apanha-as.
Beijinho grande

rui disse...

Olá Bettips

Devagarinho...,bom regresso ao convívio.

Um abraço

maria carvalhosa disse...

Já visitei L., querida Bettips.
Um abraço sentido neste dia em que, estranhamente, estamos particularmente sensíveis aos inegáveis sinais de Outono.

Beijos meus para ti, Amiga.

Andreia disse...

O café da esquina ali atrás ainda existe? Fiquei muito feliz por vê-la novamente. Está muito bonita. Lembrei-me de uma conversa que tivemos em tempos naquele café que ficava umas ruas atrás do seu esconderijo. Fiquei com saudades da sua sinceridade. Espero vê-la em breve.
Um abraço muito amigo

butterfly disse...

Olá. Custa regressar à rotina mas sabe-me deixar todos os sonhos no mesmo sítio em que os escondi
Abraço

Paulo disse...

Olá Bettips. Benvinda, bem regressada. Não se exige aos bardos que escrevam. Os seus poemas sairão ao seu ritmo natural. Para saírem bem.

Teresa Durães disse...

adorei a imagem!!!!

bem regressada!

beijo grande

APC disse...

Isso. Assim, naturalmente!...
:-)))

(welcome!!!)

Maria disse...

Que bom.....
Take your time!

Beijos

Pitanga disse...

Então vá lá...enrola bem o novelo que nós te esperamos.

Bem vinda.

M. disse...

Fico à espera do teu "devagarinho". :-)

Isabel disse...

Voltaste, que bom!
Eu vim ao teu encontro.
As imagens e os pensamentos vêm sempre no meu caso contra mim e ao meu encontro ao mesmo tempo.

Abraçam-me carinhosamente umas e batem violentamente contra mim, dentro de mim outras...

Mas isto sou eu, renovada mas sempre docemente violenta acho...

Ena, tinha tantas saudades tuas.

Apanha as pontas ao teu ritmo, eu não irei para nenhum lado que não seja sempre próximo, perto, muito perto de ti.

Abraço-te

Isabel

Luisa disse...

Custa tanto voltar ao quotidiano!

jlf disse...

Exactamente: agarando-lhe nas pontas, devagarinho, estabelece-se a ponte que nos liga ao quotidiano...
Não há rotinas: há rituais.
Regressa bem. De mansinho.

amigona avó e a neta princesa disse...

Beijo amiga...beijo e fica bem...

Ana Patudos disse...

Aqui entrei eu ... de mansinho , sem fazer barulho para não perturbar.
Se te encontras bem, eu fico feliz.
beijo
Ana Paula

viajante disse...

Finalmente!
E as saudades que todos tinhamos.

Perdido disse...

... se vai ao longe.

Um grande fim de semana.

Sophiamar disse...

Voltaste!!!! Que bom!!!! Fazes fata Be!

Beijinhosssss


Bom feriado! E bom fim de semana!

vida de vidro disse...

Voltaste e já é bom. O ritmo, só tu sabes. Ou irás sabendo. **

as-nunes disse...

Olá bettips
Já andava intrigado, o que se passaria com a bettips que já me habituei a sentir o teu jeito de nos falares.
Verdade seja dita, também ando um tanto assustado com o rumo que a vida está a levar. Mas estou pronto para a luta que adivinho. E já sinto a raiva da ansiedade do combatente. Espero bem que não haja mortos nem feridos. Uma luta para dirimir umas questões de Vida, só isso!
Bj
António

legivel disse...

... o ritmo és tu que o marcas, que daqui nem vislumbro a caixa de velocidades do teu veículo blogosférico.
O que é necessário é que esteja tudo bem contigo. Depois, o diálogo aparece naturalmente.

óptimo fim de semana alongado!

nana disse...

" O dia

Passa o dia contigo
Não deixes que te desviem
Um poema emerge tão jovem tão antigo
Que nem sabes desde quando em ti vivia "

...


(sophia)

Meg disse...

Só hoje, te reencontro... tão longa a ausência.
E fico pendente das palavras e das imagens que virão no teu regaço.
Beijinhos e saudades

Maria P. disse...

Hoje venho ao teu reencontro, e gosto.

Beijinhos*

Frioleiras disse...

Um bj
grande,

de bom fim de semana

da
F.