quinta-feira, agosto 18, 2011

Saramago I








Murais no Jardim do Tabaco, frente à Casa dos Bicos, Janeiro 2011.






Aspectos da "Casa dos Bicos" em Janeiro 2011 (a ser a Fundação José Saramago algum dia destes...)

Placa no Café "Martinho da Arcada" homenageando o escritor (Lisboa, Outubro 2009)

"Todos sabemos que cada dia que nasce é o primeiro para uns e será o último para outros e que, para a maioria, é só um dia mais."


(palavras de José Saramago, referidas nesta data, na agenda 2011)

5 comentários:

Jorge disse...

Gostei de ver essas fotos. Esse edifício com os graffitis era um armazém de tintas, onde, por volta de 1980 houve uma grande explosão que provocou grandes estragos à volta. Eu trabalhava a uns 100 metros daí.

jrd disse...

Daqui de longe, cheguei ao sítio onde o poste me esperava. Obrigado por me teres ensinado o caminho.
Abraço

Licínia Quitério disse...

A Fundação tarda. É pena, mas "sempre chegamos ao lugar...".

Beijo, Bettips.

Anónimo disse...

estou comovida!
linda homenagem que aqui prestas a Saramago.
obrigada por partilhares

abraço

T

M. disse...

Atento e belo o teu olhar sobre as coisas que ficam e nos enriquecem o espírito.