sexta-feira, setembro 09, 2011

Ainda - Setembro











E o que há de bom para comemorar este mês?

Pois que seja uma cesta de fruta, dada como se de família fôssemos,
de gente improvável de encontrar,
em lugares de nomes ingénuos.
Onde medronhos riem no alto, as uvas cheias e macias ao toque da mão.

Onde a lua votiva foge das pedras para o céu e nos acompanha na doçura da noite.
Como assim sinto realizadas as viagens para fora de mim!
Uvas, figos em oferenda.
Alegria simples: pelo gesto, pelo sabor, pela cor deste mês.

5 comentários:

heretico disse...

... e fartura de afectos!

belíssima oferta a quem passa!

beijo

Justine disse...

As alegrias maiores: as simples, as ligadas à natureza; às emoções e aos afectos. Em Setembro e todo o ano, amiga
(há por cá muitas maçãs e muitos figos...)

mfc disse...

Que lindo passeio e que lindas atitudes nos trazes de gente boa...!
Os afectos são, na verdade, o melhor da vida.

lino disse...

O cheiro a uvas e a mosto.
Beijinho

jrd disse...

Setembro é uma "natureza viva", nas tuas mãos feitas palavras.
Abraço