quarta-feira, janeiro 30, 2013

Janeiros fora...


Apesar das camélias que trago no coração - talvez não tenha tido o devido tempo para elas, este ano!

Ir por aí, pelos muros, de velhas casas e quintas.

Tenho saudades do roxo
do amarelo
do verde
do chão
(de não ter medo que cortem as árvores o mais possível "devido às intempéries")

das cores das pedras.

É tudo tão cinzento, agora e aqui!

8 comentários:

Filoxera disse...

Já não tardam muito...
Tenho saudades das manhãs mais cedo, dos dias soalheiros, a cheirar a calor :-)
Beijos.

Rosa dos Ventos disse...

E vêem-se tantos troncos cortados...
Foi um terrível vendaval mas a "festa da luz" está próxima e janeiro está a chegar ao fim!

Abraço

Mar Arável disse...

Que vivan os contrates

lino disse...

Está demasiado cinzento em todo o lado :(
Beijinho

heretico disse...

de vermelho e verde vestida. sempre...

apesar do cinzento.

Justine disse...

Temos de ir enfeitando o cinzento com as cores da amizade, da força, da poesia, da certeza!

jrd disse...

É tempo de (re)pintar os dias e as flores.

Abraço

M. disse...

Como uma espécie de cachecol roxo pousado no inverno...