quinta-feira, dezembro 31, 2015

Fim de 2015

Não abandonei o primeiro meu lugar de reflexão.
Mas a clivagem dos dias e pessoas... assim um vértice, um gume, perdem-se rotas, calam-se esperas.

Porque sair e registar o que vejo em imagens tem-me feito "andar à solta" a voar. No lugar das coisas outras.
Sem pensar em futuro
que os anos agora
são breves,
flutuam. Pássaros cujo sentido só eles sabem. E não dizem.


7 comentários:

Era uma vez um Girassol disse...

Bettips, és a primeira na minha lista e a que ainda perdura apesar das desistências neste grande espaço....Venho desejar que tenhas um excelente 2016, porque apesar de pensares
"Sem pensar em futuro
que os anos agora
são breves"...
vale a pena viver sempre com garra, com os amigos perto, com as emoções à flor da pele, com as preciosas recordações guardadas a sete chaves para nunca as perdermos.
Um xi-coração e beijinho da girassol

Mar Arável disse...

Sempre bom viajar nos seus apeadeiros

Bj

heretico disse...

é bom acompanhar o voo de teus pássaros. e de teus passos...

BOM ANO

Rui Fernandes disse...

O povo é que tem razão: vale mais um na mão ... Como é que é? Se calhar, não tem. Ok, não interessa. Um beijinho. Ah! E se eles foram para regiões mais quentes, voltam na Primavera.

Rui Fernandes disse...

Agora não é para comentar, é para anunciar: estou em processo de mudança para um novo sítio. O URL é:

http://www.blog.tremontelo.pt/

Agradeço uma visita e um comentário breve. Rui

Teresa Durães disse...

os lusitanos acreditavam que o voo de uma ave poderia ser um pressagio.
por isso, os pássaros até nos dizem, resta saber ler as suas viagens.

Justine disse...

Vai com as aves. eu fico com as rosas...(e viva o poeta!)