sexta-feira, julho 13, 2007

Brancos







As várias "brancuras" do PPP são muitos gritos de alma resumidos.
Pelas flores, pelas aves, pela natureza, pelo virgem caminho que nos desdobram e do qual só vemos a curva.
Com mãos de seda, pegamos nelas e fazemos um monte de esperanças.
Em gente mais sã, gente de alma branca. Tentando mais e melhor.

Estas eram outras propostas minhas, brancuras recentes.

Barcelona também, que é luminosa mas cor de tijolo, com traços brancos e verdes.
Cidade em que escutei o interior das casas e das coisas antigas.
Mais do que cá fora, Barcelona impressionou-me agora pela intimidade de pequenos nadas.

Quando volto de algum sítio, tenho de o estimar, mastigar, re-sentir.
Esticar como uma pratinha onde com a unha desfazíamos as dobras; escrever, descrever.
Mas há demasiada luz lá fora. E pessoas vivas que me ocupam.

Talvez só quando inverno, deixarei os dedos todos soltos, em recordações.

40 comentários:

D. Maria e o Coelhinho disse...

E VAMOS DE FÉRIAS !

FÉRIAS !

NÓS QUE AMAMOS PRAIAS E ALGARVE !

BEIJOKAS

D. MARIA E TAMBÉM O COELHINHO
(vamos os dois)

Meg disse...

Estou definitivamente rendida.
E aqueles chocolatinhos, embrulhados nas pratinhas rectangulares aos molhinhos, atadinhos com uma fitinha... pratinhas esticadinhas e metidas entre as folhas dos livros.
Hohe fiquei assim.
Beijinhos aos molhinhos

Ana Patudos disse...

Tudo de uma brancura imaculada... lindo!
bjos
Ana Paula

Chanesco disse...

O branco tem mais encanto.
Até o neu Castelo, pardacento, por lhe chamarem Branco, fica logo com outra graça.

Há uns tempos que não passava por cá. Parabéns pela persistência em escrever e em nos mostrar coisas bonitas, con sentido.

Saudações raianas

Teresa Duraes disse...

'tá na hora de lutar pela minha vida
escrever
por isso me retiro
o resto
o email
beijos

M. disse...

Ah que bom, a "Brancura" continua aqui!

Ana Ramon disse...

Um belíssimo texto com belíssimas fotos. É sempre um grande prazer visitar-te. Fico à espera desse Inverno e das promessas
Boas férias
Um beijinho

herético disse...

um texto delicado e sensível. intimo. como lugares virgens.

Era uma vez um Girassol disse...

Como te percebo...
Barcelona é para ver e rever...e há sempre algo que ainda falta ver!
Também quero lá voltar, mas não tenho forças para sair de casa.
Julgo que me entendes.
Beijinhos

jawaa disse...

Escolheste bem, quanto a mim, mas compreendo a indecisão que terás tido...
Pormenores (eu diria pormaiores)que encantam.
Um beijo

Jofre Alves disse...

Venho aqui sempre na esperança de encontrar novas e bonitas fotografias, porque tudo, mas tudo, é lindo, duma grande beleza, um verdadeiro prazer visitar este blogue. Até breve e boa semana.

Toze disse...

Gostei destas "brancuras" :)

L. disse...

Todas bonitas, estas fotografias de brancura.

APC disse...

... Tão bom que é, de Inverno, aquecermo-nos à lareira das recordações. Mas agora, que a brisa suave perspassa o bafo Estio, é altura de encher a arca das memórias futuras com novo momentos presentes...

Gosto dessa brancura de que gostas!
Mas rendida (e rendada) fiquei com as da costura (sobretudo a primeira... Um luxo!).

E mais ainda com o teu comentário - tão bonito! - no meu blog, a que responderei em breve, como é meu jeito, que aqui no teu apraz-me é falar de ti e das coisas que nos mostras.

E vou daqui mais "branca" (como se fora lavada com TIDE;-), no melhor dos sentidos possíveis.

Um grande abraço branco! :-)))

APC disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
APC disse...

Desculpas-me, Betinha, se aproveitar o teu alvo espaço para me despedir da TD, que no seu céu já não são permitidos piados?

Então aqui vai:

Caríssima Teresa: se assim é, só posso querer que assim o seja. E sempre o melhor possível! Lutar pela vida é uma resolução sagrada. Escrever, para mim, uma escolha também sagrada! Voltarmos a encontrar-nos por aí, é uma probabilidade que me agrada! :-) Boa sorte. Bons voos. E obrigada!

PS - Tks, Betty, my dearest!

hfm disse...

Temos de deixar um certo distanciamento entre o que somos e o que nos fez.

Isabel José António disse...

Cara Amiga Bettips,

O seu texto e fotos são inspiradores.

Dir-se-ia que, em tudo aquilo que observamos, há sempre algo oculto por detrás que determina, guia e vivifica. O que ve,os é apenas o aspecto exterior. Dizia Antoine de Saint Exupérie que "O essencial é invisível para os olhos"

Um grande abraço

José António

legivel disse...

... falar das cidades-viagem não é fácil mas tu faze-lo muito bem. E "o esticar da pratinha com a unha para desfazer as dobras" é uma imagem muito, muito interessante. É o "voltar ao assunto" mais tarde e degostá-lo ainda com maior prazer.

Barcelona é uma das duas cidades que mais me cativam. A outra é Londres.


abraç, sorrisos e óptima semana!

rui disse...

Olá Bettips

Lindas fotos!
Gosto da maneira como captas as imagens e da forma como dás importância aos pormenores.

Na escrita a tua sensibilidade também está bem patente.
Gostei de passar por aqui.

Beijinho

Kalinka disse...

Amiga, acabo de descobrir que estiveste de férias em Barcelona.
Que maravilha!!!
As tuas imagens revelam isso, imagens conhecidas para mim que também já tive o privilégio de visitar essa bela cidade, por 2 vezes.

«Quando a chuva passar,
Quando o tempo abrir,
Abra a janela e veja eu sou o sol.
Eu sou céu e mar,
Sou céu e fim,
E o meu amor é imensidão.

Só quero te lembrar...»
IVETE SANGALO

NOTA: Já agora, poderás dar-me a tua opinião sobre Conímbriga? Já visitaste as ruínas?

Beijitos e boa semana.

Teresa David disse...

E ainda falta mencionares Lisboa cuja luz é realmente única, de tal forma, que como deves saber, o Win Wenders veio fazer "A cidade branca" a Lisboa. Por mto que se viaje pelo Mundo em nenhum lado se encontra uma luz tão intensa como na nossa capital.
Também vivo redeada de brancura pois a casa está rodeadas de terraços caiados de branco.
Tudo de bom para ti e mts bjs
TD

Teresa Teixeira disse...

São lindas as tuas opções alternativas para brancura!
Obrigada pelas tuas visitas tão «suaves» e apaziguadoras. Afinal estas qualidades têm muito a ver com brancura, não têm?
Deixo-te um beijo!

despertando disse...

Ainda não é este verão que vou cruzar mais uma vez os teus caminhos, mas está prometido.
Beijinho grande para ti

Maria P. disse...

São lindos os teus brancos, assim como as palavras neles embrulhadas.

Foi uma palavra muito sentida no PPP e com um resultado belíssimo.

Beijinho*

despertando disse...

Estive a abrir os meus mails, deixaste-me com um aperto na garganta.
Até tenho vontade de recomeçar, mas falta-me forças.
Um beijinho com muito carinho, Vcs continuam aqui, no meu coração

Romany disse...

Gosto de branco, sobretudo na natureza, meio aoverde, btranco e amarelo.
Barcelona é uma cidade com muito para sentir.

Bjs

Ruela disse...

Lindas!

Sophiamar disse...

Lindooooo, Be! Estes posts têm vida!Fico rendida à beleza das imagens e das palavras.
Beijinhos

TMara disse...

há smp muita paz e beleza neste teu lugar.
Ando memso sem tempo. Mas não vim comentar, queria escrever-te mas ono perfil não tens nenhum endereço electrónico. Se quiseres escreve-me (o meu está no perfil)e fico com o teu para então dizer.

Bjs e boa semana.

Luz e paz ao teu redor e em teu caminhar

butterfly disse...

Gostei das fotografias, diversos branco dentro do branco.
Obrigada pela visita
Beijo
PS: de Barcelona fica-me a memória das várias vezes que lá fui.

Jardineira aprendiz disse...

Nós esperamos! Entretanto consolamo-nos com os puros brancos.

Beijinhos (e bons sonos ;) )

teresamaremar disse...

Todos os teus brancos são lindissimos! Neles há luz, há ontem e porvir.
Gostei muito da tua foto escolhida para o tema "brancura", mas a terceira destas aqui presentes é igualmente belissima. Outras "rendas", outros labores.

Obrigada pela tua visita.

beijo

Luisa disse...

Também gostei de ver que afinal ainda há brancura no Mundo.
Gostei de te ver no meu blog, ao meu lado nesta angústia de ter de escolher um governante para o sítio onde vivo...Entretanto já foi eleito um a quem peço que trate bem desta cidade.

Pitanga disse...

Gosto das fotos com a máquina antiga e toalhas de renda. Lembra-me algo que eu não vivi. Como pode?

beijos

jlf disse...

Bom regresso.
É uma falta bem notada e bem sentida a tua. Estou certo que não falo só por mim.
As fotos magníficas, como sempre.
Os textos tão burilados, como só tu lhes sabes dar esse jeito...
Gostei.
Gosto sempre.
zl

Vieira Calado disse...

Que belas imagens todas de branco vestidas!

Cris disse...

Brancura imaculada em cada palavra.

um beijinho
Cris

ac disse...

não conhecia o teu cantinho, fiquei emocionada.
acho que já estive em muitos destes sítios. senti que os conhecia...
as rendas...vi uma exposição, no Porto, não sei se tua...fiquei sensibilizada, agradavelmente surpreendida.
és sem sombra de dúvida um artista.
obrigada pela visita guiada.
passarei sempre que puder

beijinhos
ac

Alexandra disse...

B.,

As tuas propostas de "Brancura" são LINDAS e cheias de personalidade, imponentes!!!

Quero também agradecer as tuas palavras. Sei que são verdadeiras e, agradeço-te muito.

É sempre agradável receber-te no meu canto!

Bjocas