terça-feira, novembro 07, 2006

De estados e sentires II




Cuidado com a subida, cuidado com a descida, cuidado com a água, pôr os pés nas pedrinhas e atravessar.
Ilhas, como eu gosto delas e que saudades eu tive de repente. Tudo o que me lembrava de S. Miguel parecia o filme dos meus pensamenots. Hoje.

10 comentários:

Teresa Durães disse...

:))

nunca fui!

beijos

Rach disse...

como já ali atràs o disse, paixão pelos Açores...e São Miguel, como costumo dizer a brincar, é o paraíso na terra

Um outro olhar disse...

não conheço
mas
é lindo pelas imagens que vejo



:)

Maria P. disse...

Divinas estas imagens!

também nunca fui:(

bjos.

Rach disse...

sim o terra nostra...natural dos açores
quanto ao meu café, ainda que acompanhado de um copo de água, à semelhança de viena, não é do país de mozart. se clicares na foto ´ficarás a saber de onde é o meu arábica
:)

Rach disse...

ah, já me esquecia: sou toda ouvidos p´ra uma boa história

Sofia disse...

De ver as fotografias fico com uma grande vontade de ir visitar.

E porquê estar a investir em viagens para o estrangeiro se nós temos uma beleza desta.....

Moura disse...

Os Açores são mesmo um paraíso e estas fotografias deixam-me com uma vontade de para o ano optar pela Ilha de São Miguel! Já que estou com vontade de passar os próximos anos a viajar em Agosto para os Açores...e será o terceiro ano consecutivo!
Um abraço

Maçã de Junho disse...

E que saudade me deu derepente, daquele cheiro a terra molhada salpicado a flores e a sal, sempre presente... Da cor, de contar com o que vem depois da subida, mas depois ter a surpresa do nascer do sol na Ponta da Madrugada,do cheiro a enxofre,de sentir a terra viva debaixo dos nossos pés... e as pessoas, aquelas pessoas que nos abrem as portas, que têm sempre pão e vinho para oferecer,que têm sempre um "Corrisco mal amanhado" para fazer rir!!!
E que saudade me deu derrepende....

Bjo
Maçã de Junho

Anónimo disse...

Gostei de tudo o que vi. Lindo. Parabéns.