segunda-feira, abril 23, 2007

A sul do Rio II - Arouca








Lugar povoado desde tempos remotos, pelos vestígios pré-históricos encontrados, os Romanos fundaram ali uma cidade com o nome de Arauca ou Araducta. No séc. VIII da nossa era, foi destruída pelos Árabes.
D. Afonso Henriques (sempre ele, conquistador e estabilizador!!!) concedeu-lhe foral em 1151.

Da cidade, os cantos de história, recolhidos sem qualquer preocupação a não ser a estética ou a monumental, fazem-nos esquecer que estamos em mais uma terra do interior.
Há um certo ar desafogado naquele lugar, decerto pelos ventos e odores que lhe vem das serras que a abrigam.

20 comentários:

despertando disse...

Fico fascinada sempre que aqui entro.
Beijinhos para ti.
Uma otima semana também :)

Isabel disse...

Se puderes minha querida B dá uma saltada lá ao meu sitio, era importante para mim.

Abraço-te

Isabel

Rach disse...

Infelizmente, não conheço Arouca...

As tuas fotos fazem-me lembrar alguns quandros dos melhores impressionistas. e o teu portão um de Silva Porto

são memórias do adriano em nós
:-0)

um beijinho Betty

Meg disse...

Não é maravilhoso, este paraíso na terra?
As fotos estão lindas, imagino-te lá...Que saudades eu tenho.
Obrigada pelas tuas imagens, pela réstea de História que deixas passar, História tão rica quanto pode ser.
As grandes casas senhoriais, ainda hoje conservadas com tanto de brio como de respeito por quem lá viveu...imponentes mas discretas.
O meu carinho para ti

Maria P. disse...

Encantada com estes roteiros que faço através das tuas imagens e palavras!

D. Afonso Henriques, o estabilizador como referes, que falta nos faz! :)

Um bjinho*

bomdiaisabel disse...

Olá Be!

Tive uma professora de matemática que era natural de Arouca! Excelente! Guardo-a na memória. Gostei muito do teu post. Gosto muito dos teus posts. Além de terem uns textos muito bons no que respeita a fotografias são um festival de cor e beleza.
Beijinhos

JPD disse...

Passei em Arouca uma vez ou outra, sempre sem parar.

M. disse...

Bravo, Bettips! O teu entusiasmo é contagiante. Obrigada pela partilha.

herético disse...

muito bem. gostei deste passeio por terras de Arouca. abrigadas pela majestade do Caramulo e da Gralheira.

Margri disse...

Nesta região de Arouca ainda há a beleza do tradicional, aliada ao fascínio dos grandes espaços e à simplicidade das gentes.
Vou lá com certa frequência.
A Serra da Freita e as pequenas aldeias são sempre um encanto.

Obrigada pelas belas fotos que nos "serviste".

Beijinhos.

sonhadora disse...

Hoje fazes parte dos meus sonhos. E de cá não sáirás.
Beijinhos embrulhados em abraços

legivel disse...

É isso mesmo. É um lugar aberto e convidativo a passar um belo tempo de repouso... agora que se caminha a passos largos para o Verão...

...embora eu prefira mais a praia, o azul-turqueza das águas, o mergulho revigorante, o surf ou os combates imprevisíveis com os tubarões malhados.*


*O que faz pensar em férias: um tipo lança-se no imaginário e nunca mais pára.

abraço e sorrisos.

Teresa Durães disse...

gostos desses solares de pedra. Na realidade como aprendi a apreciá-los, é um dos traços da nossa antiga arquitectura que mais aprecio (não tendo em conta no que traduz)

beijos!

Jofre Alves disse...

Vim, de novo, ver este sempre interessante blogue, e deixar um voto de apreço.

veritas disse...

Olá!

Magníficas fotos, porque captam a essência, a alma de uma terra...

Bjs. Boa semana.

vida de vidro disse...

Belas fotos, um olhar especial. Sereno encanto tem este teu espaço. Beijo e bom 25 de Abril!

Era uma vez um Girassol disse...

Que belas fotos!!!
Também tenho algumas histórias ...que um dia destes irei contar!
Bom feriado e bjs

Jardineira aprendiz disse...

Ah, que vontade de passear! Na minha zona não há casas de granito, e no entanto estas imagens trazem-me aromas de infância.
Beijinho

Diafragma disse...

Que lindas fotografias! Tão profundamente portuguesas, nossas!

bié disse...

Sem tirar o mérito às fotografias, que aproveito para elogiar, devo dizer que em Arouca poderão encontrar muito mais encantos.
Deixo-vos portanto um convite aberto para passarem uns dias nesta belíssima e encantadora "Terra".

Um Abraço.

André & Fatita