terça-feira, junho 05, 2007

Responder com asas







Convencida da minha relativa invisibilidade na "rede", foi com imensa emoção que li as mensagens de parabéns deixadas no meu post anterior.
Inexplicável, o que eu senti: dos que viveram o dia comigo, dos que passaram só por conhecer, dos que pararam lá por acaso.
Humanamente impossível responder a todos, a cada um, como gosto de falar, personalizando sempre as minhas palavras nos vossos lugares: quando escrevo é como se vos conhecesse e dialogasse, inteiros e caracterizados, tal como o "ser" que fui conhecendo nestes meses.

Digo à minha pequena família, aos daqui e aos dali que em algum momento me pensaram nesse dia (que eu queria silencioso)...

Digo, então, com borboletas
...que descansam, com ternura, nas vossas letras e perfis, melancolias e graças, vossos livros e fotografias, vossas palavras, casas e quintais, vossas varandas e vidas, gostos que gosto, que me tocam de alguma maneira que desconheceis...

Um obrigada, levemente sugerido na intimidade da fala, pousado no melhor que há em vós, como um esvoaçar leve de borboleta.

24 comentários:

jawaa disse...

Um agradecimento bonito, ainda por cima com uma rainha: a monarca, não é?
O dia do aniversário é mais um dia, como costumo dizer. Desde que meu Pai e depois minha Mãe me deixaram, esse dia é só mais um. Para mim, aniversário é o dos meus filhos, que aí, sim, EU lembro sempre esses dias felizes, cada momento.
Não me lembro do dia em que nasci...
Abraço amigo

Ver disse...

É fantástico entrar neste mundo das borboletas, para mim foi mais do que esperava. Lindas!

Teresa Durães disse...

querias silêncio! ehehheh
eu agradeço estas asas lindas mas preferi vir-te dar os parabéns porque este tempo de contacto a mim tem-me dado muito significado!

beijos. muitos

greentea disse...

lindissimas as tuas borboletas!!

tenho notado este ano que por aqui há menos borboletas e menos bonitas
- é das obras , da poluição do aquecimento global ?
who knows?...

Maria disse...

Obrigada digo eu pelas lindas borboletas que nos ofereces....

Beijos

mena m. disse...

Uma sorte que alguém nos desvendou esse segredo...
As borboletas são um espanto! Ainda bem que ainda as vamos encontrando, pois são indicadores da saúde do nosso meio ambiente.
Isto até parece as festinhas de anos dos pequeninos de agora, que à saída são presenteados com um saquinho de "goodies"!
Um grande abraço!

maria carvalhosa disse...

Obrigada, Bettips. Pelas borboletas, pelas palavras, pela pessoa "de sentimento feita" que és.

Beijo.

Menina_marota disse...

Parabéns, atrasados (mais vale tarde que nunca...) e grata por este momento belissimo que me proporcionaste! Uma BELEZA!!

Parabéns por tudo e um ABRAÇO cheio de carinhos ;))

Margri disse...

Fico a pensar se "bettips" não será o nome de alguma espécie de borboletas, daquelas mais bonitas, mas tímidas, sempre a procurar esconder-se.
Beijinhos.

Conceição Bernardino disse...

Olá,
Desculpe a minha ausência, mas o que importa é, que estou de volta.
Continuarei a comentar, é esta a minha maneira de ser:
Oferendo pensamentos de alguém, receba com carinho!

“O tempo não é um conceito empírico derivado de uma experiencia qualquer. O tempo é uma representação necessária que serve de fundamento a todas as intuições.

Kant

Beijinhos no coração
Conceição Bernardino

A.S. disse...

Borboletas!... Adoro a sua fragilidade e o seu voo sempre imprevisivel!


Um beijo e obrigado pelas tuas palavras tão gentis!

Cris disse...

Um beijinho, e uma borboleta para esvoçar nos teus sonhos :)

Cris

vida de vidro disse...

Um beijo enorme para ti. E eu que adoro borboletas... Lindas, as tuas!**

Paulo disse...

Olá Bettips. Talvez não venha muito a propósito, mas aqui fica o convite: Nova petição!
A petição do Ritornello nasceu com problemas técnicos insolúveis (os nomes dos signatários não eram visíveis) e foi criada outra por Aristides Sousa Mendes.
http://www.petitiononline.com/asm7e30/petition.html
Uma vez que tantos blogs participaram de uma forma tão activa na sua divulgação, aqui fica o convite para todos expressarmos, mais uma vez, o nosso descontentamento e pedirmos o regresso do Jorge Rodrigues à Antena 2.

hfm disse...

Parei hoje nestas asas e agradeço-te.

Entre linhas... disse...

É fantástico rever o mundo das borboletas através de uma lente...o toque da pureza e da liberdade.
Bom fim de semana
Bjs Zita

Ana Patudos disse...

Adoro borboletas e já algumas pousaram na minha varanda. São fantásticas!
beijos
Ana Paula

nana disse...

uau.

Maria P. disse...

Eu é que agradeço a ternura com que sempre mimas a Casa de Maio e o que publicas aqui, são maravilhas!

Um beijinho*

Meg disse...

Ouvi falar de tristeza, minha querida amiga...
Maio violento, este. Mas mergulher neste universo teu, além de nos confortar a alma, deixa-nos os olhos embevecidos.
Um beijo, Amiga

jlf disse...

Que palavras!
Que sentir!
Com borboletas e tudo. E tudo.
(Aí estão as borboletas de que me tinhas falado ao postigo do quintal...)
Saio daqui sempre mais refeito do susto que nos querem pregar... (Vá que fora só susto.) (Calhando... não será só...)
zl

Helena Rodrigues disse...

As borboletas são verdadeiramente maravilhosas! Ainda não consegui fotografar muitas, é preciso ter calma e paciência para as apanhar no momento certo :)

butterfly disse...

As fotografias são lindíssimas.

miguel disse...

Sempre que tenho tempo livre, ou disposição para ir até ao jardim botânico,(moro a 10 minutos a pé) o tempo está sempre um pouco cinzento.E as borboletas do borboletário estão assim para o paradito.Então decido ir noutro dia e vou sempre adiando.
estas fotos vieram aguçar-me o apetite para lá voltar.Espero que num grande dia de sol e calor.
Até breve