quinta-feira, setembro 04, 2008

De novo Tua





A imagem é das termas e do santinho que lá mora
(e tudo me rima hoje!).
Termas de S. Lourenço.
A água é morna e sulfurosa mas não é "spa" nem há pedras quentes a não ser as do tanque.
Há uns anos, encontravam-se assim as instalações à volta.
Tratavam-se os compadres do reumático, as mulheres das suas queixas, as peles dos seus eczemas. Isto desde o séc. XVIII pelo menos, anotado. Mas como já morreram de velhos, também não erram a opinião.
Calados estão.
Dos novos, não sei a história.
Vai no adro a procissão.
E há sobrolhos levantados: ai de quem trave a recuperação económica de alguns! O mesmo se dirá da lhaneza de princípios, afins, (a) meios, governantes e outros.

7 comentários:

Justine disse...

Tanta coisa a morrer neste país. De indiferença. De ganância. De egoísmo.

mena m. disse...

Andei a espreitar na net para me informar e a coisa pelos vistos rstá preta...

Barragem, termas, combóio...

Que pena se n#ao se recuperar!

Maria disse...

Perdido no tempo...
...esquecido na memória de alguns...

Beijo

Anónimo disse...

Se conheço esses sobrolhos levantados!
"Lhaneza de princípios"?
Puro engano:
são lutadores esforçados e altivos (indómitos, seria mais "raffiné") preocupados com os mais ALTOS VALORES: Os maiores lucros, antes de mais, cujas evntuais sobras se distribuem pelas "capelas" da mesma religião...

Mas sossega: alguém, um dia, será capaz de dar a volta. Quando somarmos mais.

abr
zl

Alfazema Azul disse...

...e a morte vem vindo lentamente. A degradação do que outrora florescia à beira-rio vai doendo e matando. Tudo! Todos!

Beijinhos

Lola disse...

Bettips,

As termas de S. Lourenço.

As imagens que eu tenho de bem estar e calma.

As belas refeições.

O descanso.

O barulho da àgua.

E eu não ia para as termas própriamente.

Ia à procura de mim.

Beijos grandes

M. disse...

Certeira...