segunda-feira, abril 06, 2009

Miradouro










Tal como a palavra-sugestão no PPP da semana passada, exprimo-me com o(s) lugar(es)/horizonte (s) que amo.
Sentada em mesa tosca, sentir granito.
Ver medronhos e caminhos de flores.
Brincando com o chão, folhas, ervas, pedras e com o fio do olhar perdido para lá dos montes. Virar as costas à foz e (re)nascer como um rio.

Um caderno pequeno que unicamente funcione por memorização, alguns símbolos de poucas palavras.
Aguarelas, livros, silêncio.
Assim, o que também disse, poderia ser o meu "escritório" da imaginação.

8 comentários:

Maria disse...

Aqui onde o olhar se perde e o pensamento voa, em completa liberdade... os pés descalços a sentir a terra, abraçar o nada, que é tudo...

Beijo

Filoxera disse...

Maravilhoso, este escritório...
Beijos.

M. disse...

Especial este teu olhar. Gostei muito.

mena m. disse...

Deslumbrante esta paisagem, Bettips!

Alien8 disse...

Bettips,

Bem visto!

Ou não fosse excelente o miradouro... :)

Um beijo.

mdsol disse...

Que horizontes tão largos e bonitos! Reconheço alguns!

:))

jl disse...

E exprimes-te muito bem, assim posta em sossego no teu retiro.
Belas as imagens, sensatas (e por vezes doídas) as palavras...

jawaa disse...

O reflexo do teu olhar é sempre bonito...
Abraço