sexta-feira, abril 24, 2009

Vinte e cinco de Abril







(fotos de MP. na Guiné 1966)

Olhe-se a guerra.
Olhe-se o 25 de Abril de 1974.

E se nada mais houvera, teria mesmo assim valido a pena.

A liberdade.

10 comentários:

Maria disse...

Exactamente!

Beijo, Bettips, e um cravo Vermelho

Justine disse...

Dia de recordar porque razões valeu a pena! para ter força de continuar a luta, sempre.
Beijo aos dois:)) e
VivAbril

Lola disse...

Bettips,

E não temos sequer de perguntar se valeu a pena!

Nem responder à cretinice dos que perguntam "para quê o 25 de Abril, se tudo está na mesma?"

Porque valeu a pena acabar com a prisão política, com a guerra colonial, com a impunidade dos que nos governavam.

E valeu a pena também para os que hoje ignoram a revolução.

E é essa certeza que nos faz continuar na vanguarda de todas as lutas.

Beijos grandes

Meg disse...

Bettips,

Neste dia, e perante estas fotografias, tu sabes por que se me aperta a garganta.

Uma braçada de cravoss para ti.

Beijos

L. disse...

Um grande xi-coração, pelo nosso 25, pelo meu 25, misteriosamente conhecido este, porque o outro é justamente celebrado por todos nós, sobejamente conhecido e reconhecido como o dia de muita mudança, de muita esperança, de liberdade desejada.
Obrigada Bettips.

jl disse...

ABSOLUTAMENTE - se nada mais houvera, pela mera liberdade teria valido a pena!

heretico disse...

... se outras razões não houvera!

excelentes razões. todas elas.

beijos

Arabica disse...

Se nada mais houvera e tanto houve!

E tnto temos ainda para trbalhar!


Beijinhos, Bettips

ângela marques disse...

lá isso é verdade!


beijo

Alien8 disse...

Bettips,

Vejo que sempre conseguiste pôr aqui as fotos que querias.

As palavras são as exactas. Sem discussão possível, que contra factos não há argumentos.

Um abraço.