domingo, março 08, 2009

8 de Março 2009


Dia Internacional da Mulher.

E para que não acabe o DIA delas.

Sem as flores da côr que lhes destinaram.
(e por isso lembrei Maria Helena Vieira da Silva, as Três Graças
e tantas outras meninas-Mulheres que guardo no coração).

22 comentários:

Maria disse...

Um abraço grande para ti.

Teresa Durães disse...

para mim o dia das mulheres é diário e nada diferente à dos homens porque assim o quero e luto

dona tela disse...

É muito bonito haver um dia só para as Mulheres, não é?
Calcule a Senhora que uma Amiga mandou-me fotos de camélias tão lindas que até se parecem com as suas.
Nem sei como hei-de agradecer (a ela e à Dona Bettips)...

Respeitosas saudações.

bettips disse...

Ai D.Tela, aprendo sempre munto aqui: as inocências de pensar igual e até as diferencias. Como a Teresa D. que me lembrou a igualdade entre mulheres e homens, a luta sem quartel; a mim e a outras que estão sentadas há anos nos seus boudoirs a fazer crochet e a pintar unhas. É sempre bom recordar que há tanta gente empenhada, num dia que afinal comemora umas dúzias de operárias nos states, longe que se farta e fartas de trabalhar tantas horas. Isto há mais de 100 anos, veja lá!
Não acha giro que só em 1975, a ONU, aquele lugar das nações com imensos homens-chefes, tenha resolvido elevá-lo à categoria de "internacional" e tenha patrocinado este dia? Aposto que foi por causa das tais mulheres lutadoras que não se acomodaram. Ah, D. Tela, somos muito pequeninas: bem hajam as outras!

Meg disse...

Minha querida Bettips,

Depois de 2 meses privada de net, por ter mudado de residência, aqui estou de regresso, finalmente, e venho, numa primeira visita, deixar um abraço e a promessa de voltar para ler e comentar, como é devido.

Beijinhos

Meg

Meg disse...

Ah... e o mar continua aqui mesmo, agora estou virada ao poente...

Bjs

Meg

tinta permanente disse...

gosto de camélias!...
'http://expressoesimpressoes.blogspot.com/
2007/02/camlia.html'

porque gostava de ouvir a Maria de Lurdes Resende, porque não precisam de perfume para serem belas, porque há muitas nos poucos jardins, porque são... camélias!


abraços!

Justine disse...

Flores, desde que haja iguais condições de trabalho; flores, desde que deixe de haver violência; flores, desde que parem as injustiças...
Flores sempre, mas na igualdade!
Beijo para ti, amiga Mulher

Maria P. disse...

São lindas as camélias...

Beijo, hoje e sempre que seja dia da Mulher...

Filomena Barata disse...

flor, cor , sim, houve mulheres, como diz a Bettips, que tiveram que lutar para que hoje o cheiro seja mais do acssso de todas nós.

mdsol disse...

A Justine disse o que eu gostaria de ter dito!
:)))

LFV disse...

Mais vale tarde do que nunca! Sem ser Fântomas, estou de regresso, Deus me dê alguma persistência e algumas ideias para permanecer... Quanto ao dia da mulher já em tempos escrevi duas linhas sobre isso por achar que tamanha hipocrisia durante um ano se não branqueia com um dia. Como as quotas, incumpridas, para branquear os deméritos de uma sociedade machista de todo. Mas isso são outras conversas. Por hoje ficam as camélias que te deixo simbolicamente e o beijo do regresso!

WOLKENGEDANKEN disse...

Detesto os "dias internacionais de qualquer coisa" Servem para o que ? Para estructurar o ano ? Para maior lucro dos floristas ? Bom, isso poderia aceitar, gosto das flores :))
um beijinho, Bettips

analuciana disse...

Não são lindas, são perfeitas!!
Obrigada pela partilha!

Arabica disse...

Bettips


que belas graças!! :)


Fotografadas e escritas.


:)



Beijos

heretico disse...

... junto-lhes "as três Marias", permites?

beijo, Mulher!

Alien8 disse...

Bettips,

O que tinha a dizer, coloquei-o no meu blog. Passada a data, retirei-o.

Mas o pensamento fica.

Enquanto a igualdade de direitos não for um facto, o Dia tem que ser celebrado. Sim, seria muito mais cómodo não se falar disso, nem no dia 8 de Março, nem em nenhum outro... a pretexto de que se falaria todos os dias... pois... está-se mesmo a ver... e, já agora, o mesmo em relação a Hiroxima... ao 1º de Maio... ao 25 de Abril... e por aí adiante. Para quê lembrar, falar, avisar quem ainda não sabe (e há muito quem não saiba!)?

Roubando-te as palavras, "Aposto que foi por causa das tais mulheres lutadoras que não se acomodaram.".

E também das que não se acomodam.

Um abraço.

mena m. disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
mena m. disse...

Daqui não levo nenhuma,para que che3guem para todos os que te visitam, porque já recebi um lençol delas...

Beijos

rach. disse...

As Três Graças, as Três Marias… Lá no Reino da ONU é que a coisa tardou, não?!
A Luísa já não sobe a calçada a pé. Vai no amarelo da Carris, desce na Estrela para sentir o odor das camélias e das outras flores. Olha para as horas, e diz “ Só mais um pouco. O João que comece a preparar o jantar e tome conta das crianças… Só mais um pouco de cor!..

Merci pelas camélias, linda!

Beijinho

jl disse...

Reitero as palavras que deixei no éter, a propósito.
E outro abraço

jawaa disse...

A propósito de camélias prometi hoje flores à Justine. Juro que a pensar em ti. Vou ter de arranjar tempo!
Um beijinho