quarta-feira, março 04, 2009

Camélias II









Tsu-ba-ki
Não é poético?
O nome da camélia japónica, trazida da China, Japão e outras dessas paragens, provavelmente pelos navegadores portugueses (séc. XVII).

Estas são as vibrantes e coloridas, hinos de Inverno.

3 comentários:

Jardineira aprendiz disse...

Amiga eu nunca perco os meus blogs favoritos de vista! Embora ultimamente ande um pouco forreta em palavras, posts, comentários, é verdade. Mas já tinha estado de olho nas alvíssimas camélias, nos jardins Villar d'Allen, nas caravelas, nas palmeiras, nos pináculos...
(Também andei atrás das camélias dos meus vizinhos, mas a preguiça de fazer posts tem sido maior)

Costuma-se dizer que quem não é visto é esquecido. Acho que isso funciona muito bem para os conhecidos, para as ligeiras amizades de conveniência. Mas a presença dos amigos sente-se dentro do silêncio. Por isso fico feliz quando, no meio dos meus silêncios alguém me bate à porta e diz "eu sei que gostas disto"! Obrigada!!

Um beijo grande!

maria carvalhosa disse...

Tão lindas, Bettips!... E logo rosas trazidas do Oriente... o Oriente dos meus sonhos sedimentados em curtas memórias.
Obrigada, querida amiga.
Beijos saudosos e ternos.

M. disse...

São na verdade uma beleza, Bettips.