quarta-feira, novembro 14, 2007

Imagens eventualmente





...chocantes para frutos e legumes.

Abóboras para sopa, doces, enfeites e folguedos.
Tradições de Halloween numa pequena cidade ao norte de Boston, onde se realiza um festival anual, género Festival da Canção mas com abóboras!

Não precisávamos de importar bruxas nem fantasmas que eles por cá existem; são exonerados e queimados em lúdicas brincadeiras mais típicas, por essas nossas aldeias, na "Noite das Bruxas".
Em tempo de castanhas saindo dos seus ouriços-berços.
Mas não deixo de achar "bonita", engraçada, original, esta forma de celebrar o dia 31 de Outubro do outro lado do mar.

O Halloween tem origem no festival Gaélico de "Samhain" - Irlanda - que celebrava o fim das colheitas e a recolha de provisões para o Inverno, com fogueiras e jogos. Ao mesmo, afugentava a influência dos espíritos do outro mundo nos humanos e na Natureza, nesses dias "particularmente activos"!
As fotos não são minhas; família que conhece as minhas idiossincrasias sobre estas coisas, brinda-me com as típicas imagens do seu Outono. Sabem que dispenso o colorido das bandeiras do 4 de Julho mas não evito amar um mar verde e bravio do Maine, a rigidez dos sulcos coloridos do Grand Canyon, as elegantes pontes californianas ou as cores bizarras de Nova Iorque.

As abóboras sorridentes, sóis que assustam o Inverno, senhor da neve e das trevas.

29 comentários:

myself disse...

Que cores! e como eu hoje precisava da força destes vermelhos, alaranjados. E bateu forte uma saudade do doce de abóbora da minha avó.

Perdido disse...

Em primeiríssimo lugar, um muito obrigado. Darei sinal oportunamente.

A cidade não seria Salém? Andei vai não vai para ir lá mas fez-se neve grossa na única oportunidade que era o dia do regresso.

No Samhuin celebro a passagem do ano, mudo a face do rosto e celebro a liturgia da passagem até à vinda do Sol no Solstício. As minhas fogueira são na passagem do ano gregoriano, hei-de postar algumas fotografias.

Este ano não houve nada, aliás fiquei em Lisboa onde me mantenho. Algo de mau se anuncia.

É tudo. É bom achares as coisas bonitas.

jlf disse...

Porquê eventualmente chocantes as imagens das abóboras?
Ou não merecem, também, a nossa atenção as coisas simples?

Interessante a história da origem do halloween.

Belo texto de que sublinho, vg, "dispenso o colorido das bandeiras do 4 de Julho mas não evito amar um mar verde e bravio do Maine, a rigidez dos sulcos coloridos do Grand Canyon, as elegantes pontes californianas ou as cores bizarras de Nova Iorque."

mena m. disse...

Agora com estas imagens voltei a Potomac, Maryland, onde durante 6 anos fui, com a turma dos meus filhos da escola alemã em Washington D.C., apanhar pumpkins!
É uma festa deliciosa!
Apesar dos kilos de guloseimas, e na opinião dos miúdos, exactamente por isso...

Trick or Treat,
smell my feet,
give me something good to eat.
If you don't,
I don't care,
I'll pull down your underwear!


Beijinhos

nnannarella disse...

Adoro estas histórias de afugentar espíritos...
E adoro doce de abóbora, com ou sem nozes e pinhões. E as flores delas, fritinhas em ouro de azeite. E se as acho "chocantes", só se for da tanta alegria e doçura que irradiam.
Adoro metáforas e essa dos "sóis que assustam o Inverno" é d'encantar. Enfim, estou um tédio de "adoradoura"..eh eh. Beijinhos.

Ana Patudos disse...

Sou sincera, não gosto muito do halloween.Agora de doce de abóbora, frutos secos, castanhas assadas ou cozidas, isso sim.
Beijinhos
Ana Paula

Cerejinha disse...

Que giras estão as fotos das aboboras, com as suas cores fortes e animadas! Não pecisam da desculpa do halloween para aparecerem, são "estrelas" por si próprias!

Chat Gris disse...

Não interessam as datas... nem os eventos! o que gostamos mesmo é das compotas de abóbora, das folhas vermelhas, das castanhas e da lareira! Miauuuu!

Cochofel disse...

Imagens que enchem os olhos de cor!

paper-life disse...

Nunca tinha olhado o Halloween por esse prisma. Fica bonito. Cor de abóbora-sol.

Aprendi uma coisa hoje e gosto disso sempre.

Bjs :)

Isabel disse...

Gosto mais das abóboras como elas são.
Lindas nos seus vários tons de laranja.
Também gosto de as comer.
Gosto de doce de abóbora com queijo.
Gosto de sonhos de abóbora.
Gosto de sopinha de abóbora.
E gosto muito de um prato brasileiro ( Brasil meu Brasil!) que é camarão na moranga. A moranga é uma abóbora que é cozinhada no forno. Vem recheada com um camarão cheio de um molho delicioso e acompanha com arroz. Uma verdadeira delicia! Até estou a lamber os beiços.
Hei-de enviar-te uma fotografia para te fazer lamber os beiços também.
Eu não gosto muito do Halloween confesso, muito menos Americanizado.
Tenho vindo a aprender a tolerá-lo e a fazer dele o melhor possível.
Gosto de me mascarar mas para me mascarar qualquer oportunidade serve.
Mascaro-me quando me apetece e é frequente organizar-mos festas temáticas só para nos poder-mos mascarar.
É já tradição, no meu grupo de amigos, mascararmo-nos na passagem de ano.
Cada ano inventamos um tema e a festa depois decorre com mascaras e decorações enquadradas nesse tema.
Tem muita graça. Primeiro preparamos tudo. A comida e as decorações e só aparecemos uns aos outros perto da hora de jantar dia 31. É sempre surpreendente ver até onde foi a imaginação de cada um.
Gostei muito das fotografias querida B.
Consegues sempre maravilhar-me com o que mostras e o que escreves.
Um abraço enorme.

Isabel

amigona avó e a neta princesa disse...

Que giro! beijo...

herético disse...

chocantes? ora abóbora... portuguesmente!

prefiro o doce!

M. disse...

Prefiro-as sem cara de gente... Em doce a acompanhar requeijão.

rui disse...

Olá Bettips

Adorei as fotos, e claro, o texto.
Informativo e encantador.

Que tenhas um divertido fim-de-semana

Beijinho

Jardineira aprendiz disse...

Chocantes? Uma festa para os olhos!

Pena que se tenha importado um Hallooween tão oco, até porque eu acho piada a essa ideia de fogueiras para espantar fantasmas :)

Beijo, bom fim de semana

teresamaremar disse...

Gosto tanto das imagens... quentes e calorosas, imaginário tão doce e inocente.

beijo

Sophiamar disse...

O fim das colheitas...há que chamar as bruxas para que nos protejam dos maus olhados. É assim a vida!

A cor é especialmente bela.

Beijinhos

Pitanga disse...

"Imagens Eventualmente" alegres!

beijos

velha gaiteira disse...

Um bom Domingo para ti, minha querida!

Abraço amigo !

butterfly disse...

Muito bonitas as abóboras , do outro lado do oceano.
A necessidade de regressar à natureza, de celebrar colheitas e lembrar equinócios e renovação da vida.
Voltar costas ao dia a dia que massifica e nos tira a alma.
Regressei, timidamente.
Beijo

Fuser disse...

Bettips


Abóboras são deliciosas, cozidas para comer no café da manhã. Amassadinhas com manteiga por cima. É uma delícia. Experimenta!

beijos

e uma boa semana

Fuser

Kalinka disse...

OLÁ
num túnel escuro é onde me sinto hoje...e nos dias anteriores.
Preciso muito de me animar, tenho necessidade de ser Feliz.

Muito obrigado pelas tuas visitas sempre agradáveis ao meu kalinka.
No meu mais recente post, estas são as palavras: Destaquei algumas palavras com a letra I - estão em letra maiuscula e a negrito; em breve voltarei ao alfabeto e a próxima letra é mesmo essa - a letra I de IRRITADA é como estou, INCONFORMADA.

HALLOWEEN - imagens fantásticas; em 2005 quando visitei a Califórnia, precisamente no mês de Outubro também vivenciei este clima de pré-halloween por lá.

Beijitos.
Bom domingo.

Licínia Quitério disse...

Ia dizer "Ora abóbora...", mas o Herético já disse. Então digo: "Ora tu tens aqui um post cheio de Sol. É assim que eu vejo as abóboras - filhotas de sóis".

Beijinho.

despertando disse...

Lindo, lindo.
As cores são uma autentica maravilha, no dia 1 também andei a festejar o dia de todos os santos, a criançada lá da aldeia andou de porta em porta a pedir o pão por Deus, As broas que tinha feito, não chegaram para as encomendas e lá tive de recorrer a sacos de rebuçados.
Obrigada pela partilha.
Beijinho muit grande para ti

hfm disse...

E podes ter a certeza de que procurarei o fio pois uma visita apenas a Vieira da Silva nunca me chega!

Boa Lingua disse...

Olá, acabo de conhecer o blog e gostei!
Belas fotos e textos!
Keep Going!
Agradecid@...

Anónimo disse...

oh ilustre Senhora Minha de tantas e tantas imagens "gulosas"

_______________




vir aqui é um prazer!



beijo.





/piano.

hora tardia disse...

e eu....tanto que viajo contigo...


Bjj.



tanto tanto que te levei para o meu "roteiro" especial.


algures linkado no Piano.

:)


imf.