sábado, novembro 10, 2007

Viena eclética








Ou o dia à dia da cidade, em que o pão é de todas as qualidades, se pode comprar e comer na rua. Os cafés são uma instituição nostálgica, com estofos e vitrais, bolos incrivelmente apetecíveis: o café é sempre servido com um copo de água mineral.
Andei nas ruas e nos mercados. Provei vinho novo em adegas, na festa das vindimas nas quintas perto da cidade. Onde as pessoas confraternizam em mesas e bancos corridos.
Fui a um concerto, passeei nos bosques, subi ao monte.
Visitei bairros lindos e a Casa Hundertwasser.
Vi os pintores do meu contentamento, a maior parte representados nos museus da cidade.
Viena é muito mais do que mostro aqui: as fotos foram tiradas com máquina Olympus rudimentar, sem grandes acertos, há já 7 anos. Passei agora algumas com o scanner para o PC para poder ter à mão as boas recordações.
Assim surgiram mais de 300 fotografias...Do que tanto gosto me dá: passear e aprender pelos olhos e sentidos.

13 comentários:

shell disse...

Cristóvão of aguiar stoled the authorithy of the book of MIGUEL TORGA.
Read all about in my blog.

Maria disse...

Tu publicas as fotos e nós viajamos contigo......
Obrigada por partilhares tanta beleza conosco.

Beijinhos

Chahy disse...

Obrigado por nos levares nas tuas viagens, vemos o mundo pelos teus olhos... ;)

TINTA PERMANENTE disse...

É precioso este acervo, mesmo que antigo, para quem, como eu, não conhece a cidade. As imagens e as descrições aproximam-nos!
Já venho de baixo e... gostei bastante!

Abraço.

Fuser disse...

bettips

O meu diário de canções retorna nesse Doce Novembro.

beijos

Fuser

jlf disse...

Assim vale a pena: "passear e aprender pelos olhos e sentidos"!
Conhecer sentindo o pulsar da vida à nossa volta...
Também é assim que gosto de conhecer outros recantos, por aí além.

Perdido disse...

Esta Viena é mais a meu jeito, a das fotografias digitalizadas à pressão e a das tuas falas. Pão, café e vinho e não preciso mais nada, vamos lá andar a calcorrear ou a confraternizar. (Acho que há por lá uns chocolates com uns Mozarts e uns Beethovens que adoro- tinha um colega vienense que mos trazia - são uma delícia). Quintas vinhateiras, uau!

Eu sei que o scanning dá um trabalhão, mas acredita que não vai cair em mãos rotas.

Teresa David disse...

Curiosamente as imagens que aqui vi são absolutamente idênticas á Viena que visitei em 1975. Será que se mantêm exactamente na mesma? Embora, confesso, ter achado algumas partes da cidade mto belas e outras profundamente pirosas! Mas de qq forma foi a primeira vez que senti o que era estar no meio de gente realmente civilizada!
Bjs e bom fim de semana
TD

Rui Caetano disse...

Naturalmente que os olhos e os sentidos todos se pegam as estas belas fotos de Viena.

APC disse...

... Numa roda viva de emoções, por entre o pulsar de uma cidade de hoje e de ontem, e as pessoas que a fazem nos seus gestos a que juntaste os teus... Como gostei deste olhar em resumo, por detrás do qual se sente o tanto que trouxeste contigo! Abraço grande!*

M. disse...

Admiro a tua sensibilidade e o teu olhar sobre as coisas. Vim lá de baixo através de Viena. Gostei muito, mas a comoção também tomou conta de mim, pois que estive lá há uns anos...

velha gaiteira disse...

o beijo do Klimt e , agora, Viena!

Cheguei aqui blog após blog e soube-me bem!
Bem haja Bettips

Um abraço amigo

velha gaiteira disse...

o beijo do Klimt e , agora, Viena!

Cheguei aqui blog após blog e soube-me bem!
Bem haja Bettips

Um abraço amigo