quinta-feira, abril 17, 2008

Ilha - Flores do cortejo II







As decorações são lindíssimas no seu pormenor; e a maior parte dos enfeites são de flores, ramos, frutos e legumes verdadeiros.
Ora aí está uma coisa que gostaria de fazer! Enfeitar carros.
Tão pouca gente é o que "queria ser quando for grande" e eu descobri agora esta apetência tão prosaica.

A variedade era muita. Na verdade, nunca vi tanta flor diferente, nas árvores, no mercado, nas povoações (lá irei...).
Uma ideia bonita para uma festa.

Felizmente, também vi cravos vermelhos!

19 comentários:

myla disse...

what a beautiful world dear bettips, thank you for the words and the flowers.

myla

Justine disse...

Belíssimas imagens, amiga, de beleza pura, natural, com o toque humano, aqui a valorizar a natureza. Que festa para o olhar!

(e como é que a Comissão de Censura deixou passar os cravos??)

Ruela disse...

cor,
cheiro,
criatividade.

Perdido disse...

Já vi que encontraste o lugar das flores. Não dá muito para comentar. O olhar fica preso nas imagens.

"Pensar uma flor é vê-la e cheirá-la", O guardador de Rebanhos, Caeiro.

M. disse...

Belíssimas!

Gervásio Leonel disse...

É com imenso regozijo que retorno ao convívio com os amigos do Perdido. Noto agora que aproveitou o ensejo para viajar no Atlântico, o que fez muito bem. Flores, flores, flores ... nunca param de nos dar alegria.
Os meus respeitos, minha senhora. E agradecido por partilhar as suas maravilhosas fotografias.

Maria disse...

Isto é beleza pura. Como o post anterior.
Querida Bettips, aqueceste-me o coração com tanta cor, nesta noite de "diabo à solta"...

Beijo

mena m. disse...

Fantásticas!

Algumas parecem fogo de artifício floral!

Beijinho

viajante disse...

Felizmente houve cortejo. Apesar do mau tempo.
Felizmente houve um OLHAR sobre as flores.

viajante disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Licínia Quitério disse...

Quando a natureza e as gentes te "invadem" os posts... é isto: uma explosão de cores e afectos.

Beijinhos.

Rui Caetano disse...

Uma maravilha. a beleza mora em cada cor destas flores.

legivel disse...

... já assisti a uma Festa da Flor e na verdade o espectáculo é um deleite para os olhos. E se é verdade que o patrono desta Festa ( e de outras, e de todas, na ilha) não é flor que se cheire, o odor dos cravos vermelhos, acaba por resolver o assunto. Pelo menos, momentaneamente...

abraço e óptimo fim de semana.

Filoxera disse...

Até hoje, só estive na Festa da Flor de Campo Maior, mas aí as flores são em papel (reconheço que não bate certo com preocuapções ecologistas, mas uma mulher não resiste...).
Esta, deve ter sido mais bela, ainda. E, felizmente, feita também de cravos, há que frisar.
Obrigada pelo afecto.
Um beijo.

herético disse...

cravos vermelhos. bem vivos...

flores que regalam.

jlf disse...

Que espanto de imagens!
Que espectáculo de fotos!
Que grande fotógrafa!

zl

Sophiamar disse...

Um festival de cor, este teu blogue. Gostas de fotografia e de presentear os amigos.

Bem hajas!


Beijinhossss

meg disse...

Minha querida, destruiram-me o meu blogue, está lá a cair à vista.

MAS A MEG CONTINUA EM

RECALCITRANTEMOR.BLOGSPOT.COM.

a história do "crime" está lá nos "fundos do blogue",porque há duas noites construí um blogue novo, esta noite publiquei 3 blogues para deixar a "sujidade com nome e apelido" lá bem para trás. Só quem quiser saber a história pode consultar para ficar a saber o que lhe entra em casa.

conto muito com as tuas palavras no meu primeiro dia de recalcitrantemor.

Tenho acácias rubras e muita amizade para os meus amigos.

Mil beijos

Mil

meg disse...

Não publiquei 3 blogues mas sim 3 posts... a minha cabeça!ee