sábado, abril 19, 2008

Ilha - Jardim Botânico I









Como o cultivo dos olhos me cultiva/alimenta tal como a mente espiritual.
Intrincados caminhos meus, em desertos pessoais onde por vezes surgem oásis.
Pessoas, paisagens, pedras; e outro "p" de paixões.
Para que não me esmoreça, neste Abril de águas, passeio-me no Jardim Botânico (1960-2008, diz em arbustos).

4 comentários:

herético disse...

belo. tem cuidado com as "silvas" de outros jardins...

M. disse...

Bela, esta sequência de fotografias.

Justine disse...

Recanto a desfrutar, sempre, nessa Ilhas de muita beleza e muita "sujidade"

jlf disse...

Onde quer que vás, a tua máquina regista cada momento. Como extensão da tua memória, nela tudo se perpetua.